Publicidade

tudo viagens

Pesquisa mostra que pandemia pauta o turismo de luxo

Apesar do fim gradativo das restrições, viajantes ainda preferem destinos domésticos, isolados e com serviços privativos

| ACidade ON -


Apesar do fim gradativo das restrições, viajantes ainda preferem destinos domésticos, isolados e com serviços privativos. (Foto: Divulgação)



Por Eduardo Gregori
edugregori@gmail.com


O viajante de luxo, aquele que pode escolher sem restrições para onde deseja viajar no mundo e onde se hospedar, ainda não está confiante nas mudanças do cenário da pandemia. O Luxury Travel Report 2022, estudo realizado pela agência Latin Exclusive entre os meses de dezembro de 2021 e março de 2022, mostra que 64% das pessoas entrevistadas não planejam mudar os hábitos de viagem estabelecidos durante a pandemia. 
 

GOSTA DE VIAJAR? CONFIRA AQUI DESTINOS IMPERDÍVEIS COM ÓTIMOS PREÇOS


A pesquisa aponta que os viajantes de luxo elegem como prioridade opções mais privadas nas estadias, assim como nas atividades de lazer, e onde possam existir um certo distanciamento social. A exemplo disso é possível destacar escolhas como atividades em família (45%), tours privados em lugares específicos de interesse (41%), piscinas privativas (39%), trechos de praia deserta (32%) e locais mais afastados de grandes centros e reclusos (32%). Enquanto isso, apenas 8% dos respondentes planeja realizar tours em grupos grandes, o que mostra ainda um comportamento mais retido entre este público. Serviços diários de hospedagem, como limpeza, também são um pedido significativo, com mais de 60% dos entrevistados prezando por essa particularidade.

Viagens domésticas

Além disso, uma grande tendência nesse setor foi analisada: o turismo doméstico. Mesmo com as aberturas de fronteiras de países no exterior e maior possibilidade de ir para qualquer lugar fora do Brasil, as pessoas estão optando por viagens dentro do país. Aproximadamente 40% das pessoas estão planejando viagens próximas de suas casas e gastando dinheiro com viagens domésticas.

Natureza e tranquilidade


A proximidade com a natureza nas viagens também se mostrou uma tendência significativa para os próximos meses, com 59% dos entrevistados se mostrando mais interessados nessa busca por tranquilidade e calmaria. Mas, apesar disso, eles também não querem deixar de conhecer a cultura (56%) e experimentar a gastronomia local (70%) dos destinos escolhidos.

Publicidade