Publicidade

tudo valor

Pessoas autênticas têm maiores chances de prosperar

As características psicológicas das pessoas autênticas terminam sendo ferramentas muito úteis na administração da vida financeira. E você pode aprender.

| Dinheiro com Você -

A maioria de nós tem uma ideia empírica do que é ser uma pessoa autêntica. E justamente pelo fato de muitas pessoas entenderem a autenticidade através da observação (e não necessariamente pela definição), é que surgem algumas confusões.
É comum relacionarmos pessoas autênticas com traços de egoísmo, de soberba, de grosseria Afinal de contas, as pessoas autênticas não costumam ser hipócritas. Elas preferem ser quem elas realmente são.

Então vamos primeiro entender o que é, de fato, uma pessoa autêntica. E em seguida vamos entender porque esse tipo de pessoa tem ótimas chances de ter uma vida financeira mais próspera que os demais.

Foto: Andrea Piacquadio (por Pexels)

Definição de uma pessoa autêntica

A autenticidade vem da ideia de algo genuíno, verdadeiro, legítimo e adequado. Então, uma pessoa autêntica, é aquela que se mostra como ela realmente é. Nada de fingir comportamentos e aparências apenas para agradar os outros ou para buscar aprovações.

Uma pessoa autêntica sabe que ela é única no mundo. E isso a ajuda tanto para aceitar as diferenças de visão de mundo das outras pessoas, como também para ser firme em suas próprias visões, crenças e convicções.

Em outras palavras, as pessoas autênticas confiam em suas habilidades e opiniões, mas elas também reconhecem que têm limitações e que são eternas aprendizes. Sabem expor as suas ideias e não têm medo de serem criticadas. Seguem as suas intuições e desejos, e são movidas pelos seus valores e princípios.

Uma pessoa autêntica não gosta de "puxar o saco" ou de depender dos outros para alcançar as suas metas. Ela respeita a si mesma e valoriza as outras pessoas, da forma como elas são. Conhece os seus próprios pontos fortes e fracos, e administra cada um deles da melhor forma.

As pessoas autênticas cuidam bem de si mesmas, tanto da saúde física como da saúde emocional. Elas aprenderam a gostar da disciplina e administram bem o tempo. Evitam julgar, porque pensam que cada indivíduo deve trilhar o seu próprio caminho.

Leitura recomendada: Estoicismo: o segredo para enriquecer quando tudo vai mal

Por que uma pessoa autêntica tem mais chances de prosperar na vida financeira?

Uma pessoa autêntica não precisa provar nada para ninguém. O conjunto de características que ela cultiva, faz com que ela desenvolva uma boa imagem de si mesma (auto-estima). Isso, por sua vez, faz com que ela não dê muita atenção ao que os outros pensam sobre ela.

Foto: Stefan Stefancik (por Pexels)

Essa autoconfiança termina se estendendo para a vida financeira. Ora, se a pessoa autêntica não precisa provar nada para ninguém, então ela pode viver a realidade financeira dela com tranquilidade.

Isso significa que essa pessoa não precisa ostentar para buscar algum tipo de aprovação social. Ostentar costuma ser caro. Em várias situações custa mais do que uma pessoa pode pagar. E nesses casos, ostentar vira sinônimo de se endividar.

O pior de uma vida de ostentação baseada em dívidas, é que além da pessoa viver uma farsa, ela nem se dá conta que está cavando um buraco sem fundo. E quando "cai a ficha", já está numa situação de superendividamento, com a reputação manchada e sem credibilidade.

Já a pessoa autêntica, segue sua vida, inclusive a financeira, feliz e tranquila, tudo dentro das suas possibilidades. Se precisar vestir roupas simples, ela veste. Se for para se locomover de bicicleta ou num carrinho velho, tudo certo. É o que cabe no bolso no momento, e não tem nada de errado com isso.

Ao contrário: viver assim é o caminho mais sólido para a construção de uma vida financeira também forte. A pessoa autêntica é o que é, tem o que tem, e ponto final. E por conta disso, ela faz um uso mais consciente do dinheiro, priorizando aquilo que é importante para ela (e não para os outros).

Tudo isso faz com que ela tenha uma vida financeira mais econômica. E quem vive de maneira mais econômica, consegue gastar menos do que ganha, que é a principal atitude para alcançar o sucesso e a prosperidade na vida financeira.

Vídeos recomendados sobre dinheiro: Canal - Dinheiro Com Você

Foto: Anna Shvets (por Pexels)

Conclusão

Procure ser autêntico. Isso é algo que pode ser estudado e aprendido. Use o seu dinheiro de forma inteligente e equilibrada. Assim você conseguirá alcançar os seus objetivos de curto, médio e longo prazos.

Importante: tenha paciência. Enriquecer é um processo lento (algumas vezes até entediante), mas vale muito a pena.

E quando você já tiver acumulado uma boa grana, lembre-se disso aqui: dinheiro não é um fim, mas um meio, uma ferramenta, para você comprar mais qualidade de vida para você e para as pessoas que você ama.

Publicidade