Publicidade

tudo saúde

69 milhões de brasileiros ainda não tomaram 3ª dose contra covid

Ele foi às redes sociais neste sábado, 12, para alertar a população sobre a necessidade de procurar o reforço, uma vez que o Brasil tem registrado uma alta veloz de infecções

| Estadão conteúdo -

 

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. (Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

Cerca de 69 milhões de brasileiros não tomaram a terceira dose da vacina da covid-19, segundo o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Ele foi às redes sociais neste sábado, 12, para alertar a população sobre a necessidade de procurar o reforço, uma vez que o Brasil tem registrado uma alta veloz de infecções nas últimas semanas.

Como o jornal O Estado de S. Paulo revelou nesta semana, o Estado de São Paulo tem nove milhões de atrasados para a terceira dose.

Ainda conforme o titular da Saúde, 32,8 milhões de brasileiros que já poderiam ter recebido a quarta injeção do imunizante também não foram aos postos de saúde. 
 
LEIA TAMBÉM 
Fiocruz alerta para alta de casos de covid-19 em SP e outros três estados

9 milhões estão em atraso com terceira dose da vacina contra a covid em SP


A orientação do Ministério da Saúde para vacinação contra a covid-19 é de que a quarta dose (ou segundo reforço) seja aplicada apenas em adultos com 40 anos ou mais, ou em pessoas imunossuprimidas.

Mesmo com a orientação do ministério, vários Estados e municípios têm aplicado a 4ª dose para todos os adultos, como é o caso da capital paulista.

Com a chegada da subvariante da Ômicron, a BQ.1, especialistas acreditam que o Brasil enfrentará esta nova onda de casos, como tem ocorrido na Europa, nos Estados Unidos e na China.

Os cientistas ainda não sabem se essa versão do vírus é mais grave ou transmissível, mas estudos preliminares apontam maior risco de escape à proteção dada pelas vacinas, por isso é essencial buscar o reforço.

Publicidade