Publicidade

tudo notícias

Klara Castanho parte de Paraisópolis para o Caminho da Fé

Atriz divulgou caminhada de 130 km pela rota religiosa entre o Sul de Minas e o Vale do Paraíba (SP)

| Especial para o tudo ep -

Klara Castanho parte de Paraisópolis, no Sul de Minas, para caminhada de 130 km em direção ao Santuário N.S. Aparecida. (Foto: Reprodução Instagram)
A atriz Klara Castanho compartilhou em seu Instagram, nesse sábado (14), que participou de uma peregrinação de 130 km ao Santuário Nacional de Aparecida (SP) partindo da cidade de Paraisópolis, no Sul de Minas.

A jovem atriz - conhecida pelas novelas globais "Amor Eterno Amor" (2012) e Amor à Vida (2013), além da série policial Bom Dia, Verônica (2020) e do filme infanto juvenil "D. P. A. 3 - Uma Aventura no Fim do Mundo" (2021) - contou aos fãs sobre a experiência de quatro dias caminhando através da Serra da Mantiqueira pela rota religiosa Caminho da Fé.


LEIA TAMBÉM

Aedes aegypti: Sul de Minas tem 1/3 das cidades mineiras com alto risco de infestação

IF Sul de Minas tem mil vagas em cafeicultura e meio ambiente


"Na terça-feira passada, dia 4, eu comecei o caminho da fé ao lado do meu tio. Nós fizemos aproximadamente 130 km de peregrinação ao Santuário Nacional de Aparecida. Ao todo, foram quatro dias caminhando, quatro dias intensos de reflexões, orações, choro, persistência e muita fé", relata.

Segundo Klara, o primeiro dia da caminhada somou 28 km com clima instável, chuvas e muita lama. Já no segundo dia, a atriz menciona o frio característico da Serra da Mantiqueira e mais chuva no percurso previsto de 40 km de subida para chegar a Campos do Jordão (SP).

Apesar do cansaço, Klara não deixa de registrar as belezas naturais da Mantiqueira. "Quero dizer que é uma experiência intensa e transformadora", diz. Ela relata, ainda, a fé em Deus e Nossa Senhora Aparecida.

"Sou muito grata a Nossa Senhora Aparecida por me acolher, por escutar as minhas angústias e súplicas. A fé nela e em Deus me fortalece. Eles fazem eu manter a minha cabeça erguida e me dão forças para lutar", diz.

Klara também não deixa de mencionar o apoio da família, do grupo de romeiros e dos fãs. "Quero agradecer o carinho gigante que vocês (fãs) me dão. As palavras gentis e de amor. Elas significam e transformam muitas vezes o meu dia.A minha família, eu sou só gratidão e amor. Meus pais e meu irmão são o meu porto-seguro. Ao meu tio, meu agradecimento por ser esse companheiro de caminhada, por me incentivar e por estar ao meu lado nessa trajetória até Aparecida. E obrigado aos amigos que eu conheci na fé durante esse percurso. Vocês fizeram toda a diferença", reconhece.

PROCESSO JUDICIAL

O Coren-SP (Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo) arquivou o processo de investigação sobre o caso envolvendo a atriz Klara Castanho no último dia 5 de janeiro.

Em junho de 2022, a atriz fez uma denúncia contra uma enfermeira que teria vazado à imprensa que ela teve um bebê fruto de estupro e doado a criança.

Em nota, o Coren-SP afirma não ter constatado o vazamento. "O conselho seguiu todos os ritos processuais, solicitou documentos à instituição hospitalar e convocou os profissionais do plantão à época do fato denunciado, porém não constatou a participação de nenhum profissional de enfermagem em relação ao vazamento de quaisquer informações sigilosas de pacientes, o que levou ao arquivamento do processo. Até o momento, o Coren-SP também não recebeu denúncia por parte da atriz quanto ao tema."

O caso continua sendo investigado pela DDM (Delegacia da Defesa da Mulher).


LEIA MAIS

STJD suspende início do Mineiro após acusação de fraude

Publicidade