Publicidade

tudo notícias

Santa Rita do Sapucaí: homem é preso com 23 pés de maconha

Polícia ainda apreendeu três pássaros silvestres em gaiolas; Caso similar de tráfico e maus-tratos ocorreu em Lavras

| Especial para o tudo ep -

Em Santa Rita do Sapucaí, no Sul de Minas, um homem foi preso suspeito de maus-tratos a pássaros silvestres e possuir em sua casa 23 pés de maconha. (PM-MG)
Em Santa Rita do Sapucaí, no Sul de Minas Gerais, um homem foi preso pela Polícia Militar (PM-MG) no bairro Vintém após os militares encontrarem 23 pés de maconha e sementes da planta dentro da residência do suspeito.

A Polícia Militar informou que conseguiu fazer a diligência na casa do suspeito após denúncias. Ainda, segundo a PM, o cultivo das plantas teria finalidade de tráfico de drogas e não consumo próprio.




LEIA TAMBÉM

Em Itajubá, bicicletas reformadas por detentos são doadas a crianças

Sul de Minas tem destaque no turismo estadual, aponta IBGE




Durante a vistoria na casa do homem, os militares encontraram, além dos pés de maconha, três pássaros silvestres encarcerados em gaiolas.

O suspeito foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Santa Rita do Sapucaí e pode responder por tráfico de drogas, além de maus-tratos aos pássaros.

LAVRAS

Em Lavras, também no Sul de Minas, um homem foi preso suspeito de maus-tratos contra um cachorro, além de possuir em sua casa 26 pés de maconha e outras drogas. O caso ocorreu em 15 de outubro.

Segundo a Polícia Militar de Meio Ambiente, ao chegar à residência para conferir a denúncia de maus-tratos, os militares foram recebidos pelo dono do animal que autorizou a entrada para a vistoria.
 

 

Em Lavras, também no Sul de Minas, um homem foi preso suspeito de maus-tratos contra um cachorro, além de possuir em sua casa 26 pés de maconha. (PM-MG)


Durante o procedimento, a polícia constatou negligência ao cachorro que se encontrava em situação precária, amarrado e muito magro. Ainda segundo a PM, depois disso o suspeito começou a apresentar nervosismo.

Questionado, o suspeito revelou ter drogas em casa. Foram encontrados potes de vidro com substância análoga à maconha, além de 26 pés de maconha e uma balança de precisão, configurando tráfico de drogas.

Ele foi preso e encaminhado à Delegacia da Polícia Civil de Lavras pelos dois crimes, tráfico de drogas e maus-tratos.

O cachorro vítima de maus-tratos foi levado a veterinárias voluntárias e, depois do atendimento, ao Parque Francisco de Assis.



LEIA MAIS

Minas Gerais lança edital para microchipagem de animais

Publicidade