Publicidade

tudo notícias

Começou nesta quinta-feira (3) vacinação para mais públicos contra a meningite em Minas Gerais

Na região, Extrema fez o reforço vacinal em setembro, após ter registrado seis casos e duas mortes pela doença

| Especial para o tudo ep -

Vacinação contra a meningite acontece em Minas Gerais (Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF)
A SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais) ampliou o público-alvo para a vacinação contra a meningite em todo o estado. Desde esta quinta-feira (3), recebem o imunizante jovens de 16 a 30 anos, estudantes, sem limite de idade, trabalhadores da educação superior e profissionais de saúde. A dose ficará disponível em todas as unidades básicas de saúde de Minas até fevereiro de 2023.

São 587,1 mil doses na primeira remessa distribuídas para todas as regiões do estado. A vacina contra a meningite já consta no calendário vacinal para crianças de três e cinco meses de vida e um reforço com um ano de idade. Além disso, está disponível para adolescentes de 11 e 14 anos. 

Em nota, o secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti, afirmou que a meta é alcançar 95% do público convencional e do novo público-alvo. 

"A meningite C é uma doença que podemos prevenir por meio da vacinação. Portanto, não podemos abrir mão de vacinar. Seguimos agora com duas metas: alcançar 95% de imunização entre as crianças de um ano de idade e imunizar este novo público", comentou. 

 

LEIA TAMBÉM 

SES-MG confirma segunda morte por Meningite em Extrema (MG) 

Manifestação pede criação de conselho para combater preconceito LGBTQIA+ em Passos 



Extrema vacinou população em setembro após mortes e casos registrados

Em setembro deste ano a cidade de Extrema, Sul de Minas, recebeu da SES-MG 30 mil doses de vacinas contra a meningite. Foram imunizados na cidade pessoas entre 15 e 59 anos na cidade. O reforço veio após o município registrar duas mortes e seis casos da doença.

Mesmo com os registros, a SES-MG descartou que o caso seria um surto de meningite, mas afirmou que precisou de atenção extraordinária dos órgãos de saúde.

Além dos postos de saúde, a vacinação aconteceu nas fábricas da cidade e o público-alvo foi definido levando em consideração a faixa etária das mortes no município.

Sobre a doença

Segundo dados do Ministério da Saúde, a meningite é uma inflamação das meninges, membranas que revestem o cérebro e a medula espinhal. É causada, principalmente, a partir da infecção por vírus ou bactérias ou, mais raro, por fungos e parasitas.

Os principais sintomas são: febre, dor de cabeça, vômitos, rigidez de nuca, convulsões e manchas vermelhas pelo corpo. Em crianças abaixo de um ano, os sintomas podem não ser evidentes.
 

LEIA MAIS 

Filme que conta história de Poços de Caldas será lançado neste domingo (6)

Publicidade