Publicidade

tudo notícias

Pouso Alegre recebe "Teatro nos Parques" neste final de semana

As apresentações acontecerão no Horto Florestal, às 11h e 15h, no sábado (17) e no domingo (18)

| Especial para o tudo ep -

O projeto também acontecerá no próximo final de semana, nos dias 24 e 25 de setembro (Foto: Divulgação/Teatro nos Parques)
Neste final de semana, Pouso Alegre (MG) está recebendo o "Teatro nos Parques", com espetáculos gratuitos ao ar livre. As apresentações serão no Parque Natural Municipal Fernando Bonillo, o conhecido Horto Florestal, e acontecerão às 11h e às 15h, no sábado (17) e no domingo (18).

O projeto também ocorrerá no próximo final de semana, nos dias 24 e 25 de setembro, nos mesmos horários.

Os espetáculos são encenados por importantes grupos do cenário do teatro de rua, com peças para públicos de todas as idades.

Esta é a 2ª edição nacional do Teatro nos Parques em Pouso Alegre. A atividade, que conta com o apoio da Unilever, acontece também nos estados de Pernambuco e São Paulo.

Para o idealizador e coordenador do projeto, Edson Caeiro, da Estima Cultural, essa é uma oportunidade para que todos possam ter contato com o teatro. "Desde a sua primeira edição, muitas pessoas nos dizem, entusiasmadas, que é a primeira vez que estão vendo uma peça de teatro. Geralmente emocionadas, contam que normalmente não têm acesso ou não têm o costume de procurar por peças gratuitas em instituições", destaca.

LEIA TAMBÉM
Trajetória do Pouso Alegre: da reativação à final da Série D
Justiça condena Copasa por esgoto irregular em Lavras (MG)
SES-MG confirma nova morte por Meningite em Extrema (MG)

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DO FINAL DE SEMANA:
Dia 17 de setembro (Sábado) - Companhia Pia Fraus
11h - Bichos do Brasil

É um espetáculo que busca retratar a riqueza da fauna brasileira por meio de recursos plásticos, sonoros e coreográficos. Pautado nos bonecos, na música e na coreografia, procura criar o ambiente da mata sem exigir um comportamento humano de seus personagens.

O espetáculo é composto por uma sucessão de 15 esquetes que retratam o cotidiano dos animais numa selva tropical.

"Bichos do Brasil" é um resgate para que não ocorra a extinção de nossos animais, dentro do imaginário popular, que tanta influência exercem como fonte inspiradora dos mitos populares brasileiros.

A trilha sonora composta especialmente para o espetáculo faz uso de diversos ritmos brasileiros como o Forró, Frevo, Bossa Nova, Samba, Maracatu. Sem uso de texto, 03 atores e mais de 50 bonecos feitos a partir de materiais naturais, que ganham novo tratamento e cores diversas, buscando dar uma abordagem contemporânea a elementos rústicos e bonecos infláveis gigantes, promovem a retomada da Pia Fraus às suas origens: tornar contemporâneo os elementos da Cultura Popular Brasileira.

15h - Bichos Vermelhos
Inspirado no livro homônimo de Lina Rosa, a peça "Bichos Vermelhos" envolve com humor e poesia um assunto muito relevante para a sociedade atual: a preservação da natureza. E por que não começar esse diálogo com as crianças? "A Pia Fraus considera fundamental tratar um tema tão importante, principalmente com os pequenos, na esperança de incutir de maneira lúdica e delicada a atenção, o cuidado com a natureza e o meio ambiente em nossos futuros adultos", relata Beto Andreetta, diretor da Pia Fraus.

A peça "Bichos Vermelhos", dirigida por Adriana Telg, vem trazer o mesmo propósito do livro, destacar um aspecto muito trágico: o risco de extinção. A envolvente história dedicada aos bichos brasileiros, que fazem parte da lista vermelha das espécies em risco de extinção, ou ainda os próximos animais a entrar nela, de acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza.

O Tamanduá Bandeira, Codorna Buraqueira, Macaco Prego Galego são alguns dos animais que ganharam versões em forma de bonecos da cia Pia Fraus, construídos por Dino Sato. Serão três atores e mais de 20 bonecos apresentados durante o espetáculo, com muita diversão e brincadeiras, posicionados para a difusão emergente do tema às crianças.

Dia 18 de setembro (Domingo) - Companhia Buzum
11h - Floresta Viva

"Floresta Viva", uma fábula, contada por uma abelha e uma formiga, que retrata a importância da preservação das florestas.

A história mostra uma abelha que conhece uma formiga esperta e viram amigas inseparáveis. Juntas, passam por diversas situações na floresta, cada uma fazendo seu importante trabalho para o ecossistema e lutando contra alguns de seus predadores: pássaros e tamanduás. Até que um dia, a abelha percebe que a floresta está em chamas e convoca sua amiga formiga para que juntas possam salvar as árvores e os animais do incêndio, causado por um fazendeiro ganancioso e malvado. As duas, reunidas com todas as formigas e abelhas da floresta, conseguem assustar o fazendeiro e proteger seu habitat.

15h - O grande Perigo
O Grande Perigo, narra a história de Tata, uma pequena tartaruga que logo ao nascer volta para o mar em busca de sua mãe.

Tata enfrenta vários perigos, tão comuns à vida das tartarugas marinhas, como uma andorinha que tenta comê-la, um caranguejo que a persegue, peixes elétricos, um polvo, um perigoso tubarão e uma enorme baleia. Tata consegue fugir de todos os perigos e ao final encontra sua mãe, mas percebe que ela está presa em um mar de lixos e plásticos.

Com muita coragem, Tata consegue salvar sua mãe e as duas correm para longe daquele grande perigo.

No próximo sábado (24), as apresentações ficam por conta das companhias Duo Dégua e La Cascata Cia Cômica, com os espetáculos "Hora da Xepa" e "Mãos à Obra", respectivamente. Já no domingo (25), o grupo Circo e Teatro Rosa dos Ventos apresenta os espetáculos "Fuzurufafa Bafafazuru" e "Hoje tem espetáculo!".


LEIA MAIS
Pouso Alegre inicia venda de ingressos para o jogo final

Publicidade