Publicidade

tudo notícias

Trajetória do Pouso Alegre: da reativação à final da Série D

Um sonho ambicioso de Paulo da Pinta, que fez surgir a esperança para o torcedor pouso-alegrense

| Especial para o tudo ep -

O Pouso Alegre está invicto no Manduzão (Foto: Divulgação/Chiarini Jr - Roma Comunicação e Marketing)
Em 2017, um sonho ambicioso de Paulo da Pinta, ex-jogador e ídolo do Pouso Alegre, fez surgir a esperança para o torcedor pouso-alegrense. Após alguns anos inativo, o Dragão do Sul de Minas voltaria a campo.

Paulo da Pinta assumiu a presidência e no ano seguinte, em 2018, o time disputava a Segunda Divisão do Campeonato Mineiro, terminando a campanha em 7º lugar, com um saldo de cinco vitórias, três empates e quatro derrotas.

Se naquele momento alguém falasse que o Dragão sairia da última divisão estadual e chegaria à elite do Mineiro, talvez nem o mais sonhador dos torcedores fosse capaz de acreditar.

O time, que tem arrancado sorrisos e reunido amigos e famílias no Estádio do Manduzão, chegou à final da Série D do Campeonato Mineiro, já tem vaga garantida na Série C em 2023 e pode encerrar a campanha sendo vitorioso.

Jogando no Manduzão, o Pouso Alegre está invicto na Série D. Foram 11 jogos em casa durante a campanha no Brasileiro, com oito vitórias e três empates.
(Foto: Divulgação/Chiarini Jr - Roma Comunicação e Marketing)

"VAI PRA CIMA DELES POUSO"
Neste domingo (18), às 16h, o Pousão vai enfrentar o América-RN, na Arena das Dunas, em Natal (RN).
Apesar da primeira disputa ser importante, o torcedor está ansioso pelo jogo de volta, programado para acontecer no próximo dia 25 de setembro, às 16h.

Se depender da torcida, o time vai balançar as redes. Com muita animação e vibração, os últimos jogos no Manduzão foram emocionantes. Os torcedores, a plenos pulmões, cantavam embalando o time: "vai pra cima deles Pouso".

Por ter feito a melhor campanha na última rodada, o time do Sul de Minas terá a oportunidade de decidir o campeonato em casa.

LEIA TAMBÉM
SES-MG confirma nova morte por Meningite em Extrema (MG)
Pouso Alegre inicia venda de ingressos para o jogo final
Homem suspeito de explosão de caixas eletrônicos é preso
(Foto: Divulgação/ Prefeitura de Pouso Alegre)

ÚLTIMOS QUATRO ANOS

Nos últimos quatro anos, o Pouso Alegre conquistou três títulos: Segunda Divisão do Mineiro (2019), Módulo 2 (2020) e Troféu Inconfidência (2021), sendo os primeiros três troféus erguidos pelo clube desde sua fundação, em 1913.

O time retornou em 2018, mas foi em 2019 que os esforços começaram a dar resultado, quando conquistou o Campeonato Mineiro da Segunda Divisão de forma invicta, sob o comando do técnico Rogério Henrique, chegando à final com oito vitórias e quatro empates.

A taça deu ao clube acesso ao Módulo 2 do Campeonato Mineiro, em 2020, assim como a oportunidade de ser campeão.

Em 2021, comandado por Emerson Ávila, o Pouso Alegre brigou para estar na semifinal do Campeonato Mineiro. Com a sexta posição, acabou indo para a disputa do Troféu Inconfidência, que também rendeu vitória.

A boa campanha deu ao time a chance de disputar o Campeonato Brasileiro da Série D e a Copa do Brasil, em 2022.

Na Copa do Brasil, ele surpreendeu ao eliminar o Paraná na primeira fase e levar a decisão da segunda fase para os pênaltis diante do Coritiba, porém, o Dragão acabou eliminado nos tiros livres.
(Foto: Divulgação/Chiarini Jr - Roma Comunicação e Marketing)

SÉRIE D SOB O COMANDO DO "REI DO ACESSO"
O Pouso Alegre iniciou a campanha da Série D com Francisco Diá no comando, porém, ele deixou o clube bem no início da quarta divisão nacional.

Com a saída de Diá, Paulo Roberto Santos voltou a comandar o time pela terceira vez.

A história de Paulo Roberto como treinador se esbarra na história do Pousão. Ele iniciou sua carreira no Dragão, em 1988 e, desde então, vem construindo sua trajetória, que o deixou conhecido como "rei do acesso", devido a quantidade de times que subiu de divisão sob sua supervisão.

O time terminou a primeira fase na liderança do Grupo 6, eliminou o Operário VG na segunda fase e o Paraná nas oitavas de final. Nas quartas de final, ele venceu o ASA nos dois jogos e conquistou o acesso à Série C. Nas semifinais, o Pouso Alegre disputou com o Amazonas, venceu as duas partidas e garantiu vaga na final.

Agora, faltam apenas dois jogos para encerrar a campanha. Os jogadores e Paulo Roberto seguem trabalhando para buscar o resultado. Mas até lá, os torcedores passarão os próximos dois domingos sob intensa emoção, desejando o tão esperado momento de gritar "é campeão".

LEIA MAIS
Equipe de drones da UNIFEI tem mala extraviada em voo para a Holanda

Publicidade