Logo São Carlos Experience

25 a 29

Outubro

2023

Patrocinador:
Logo Prefeitura de São Carlos

Publicidade

São Carlos Experience

Inteligência artificial marca primeiro dia de São Carlos Experience

Primeiro dia do São Carlos Experience foi marcado com muitas novidades, palestras e apresentações; confira fotos do evento

| Especial para o tudo ep -

SCX 2023 (Foto: @fotografabrunielle)

As atividades do São Carlos Experience (SCX) tiveram início nesta quarta-feira (25) com boa presença de público e programação vasta. 

Entre outras possibilidades, o festival reúne apresentações, painéis, palestras, discussões e oficinas. Tudo é dividido por trilhas, como Cidades do Futuro, Futuro do Trabalho, Futuro da Construção, HealtTech, AgriTech, Indústria, Diversidade e Comunidades de Inovação

Nossa equipe teve a oportunidade de acompanhar duas palestras e um painel ao longo do dia. Os profissionais presentes nesses encontros falaram bastante de inteligência artificial (I.A).
Alguns deles fizeram questão de trazer novas perspectivas em relação a essa tecnologia, vista com certo temor por quem pensa que tenha chegado unicamente para acabar com alguns trabalhos ou "roubar" empregos. 

FUTURO NO TRABALHO
Pela manhã, na antiga Estação Ferroviária, o CEO da OneSix, George Garrido, apresentou a palestra "Haverá trabalho no futuro? Como manter a empregabilidade e aproveitar as oportunidades dos novos mercados?". 

Durante a fala, Garrido trouxe alguns números e citou que 85% da mão de obra nacional carece de qualificação. Hoje, segundo ele, o mundo conta com 85 milhões de postos de trabalho relacionados à I.A, sendo 400 mil apenas no Brasil. 

O CEO acredita que o interesse por tecnologia pode ser estimulado. "Sempre achei que inovação era algo técnico, mas inovação se faz com gente. E quanto mais diversidade, mais pessoas diferentes, mais inovação se entrega. Todo mundo é capaz. Quando entrei no Santander em 2004, perto da agência tinha um menino que era chapeiro. Perguntei porquê ele não estudava tecnologia Hoje é um dos desenvolvedores seniores do Santander. A gente transforma um entorno com um movimento de inclusão", exemplificou.  

 

LEIA TAMBÉM 

Primeiro dia de São Carlos Experience é avaliado com empolgação por participantes  

Conheça São Carlos, cidade que respira inovação e cultura


I.A NO DIA A DIA
Ainda no palco da antiga Estação Ferroviária, a professora Solange Rezende, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da Universidade de São Paulo, também fez uma apresentação sobre o tema. 

Solange avalia que a I.A tem alguns pilares principais: conhecimento, raciocínio, aprendizado, resolução de problemas e apoio à tomada de decisão. "Mas não podemos pensar a inteligência artificial como fim, e sim como meio para melhorar os processos que você tem. Isso sem tirar a figura do ser humano que trabalha naquele conhecimento." 

A professora da USP menciona que, embora 51% da população brasileira não tenha acesso à internet em casa, é raro quem não conte com um smartphone nas mãos. Esse fenômeno, de acordo com ela, faz com que as pessoas estejam em contato com a inteligência artificial mesmo sem saber. "É o que chamamos de inteligência artificial invisível. A pessoa usa o celular, e de repente está ali, uma recomendação de uma notícia para ler, um produto para comprar... Mas também precisamos pensar nas questões éticas de quem molda a I.A, pois isso vai afetar 100% da população", considera. 

COMPRAS NO "FIGITAL"
Na Arena SCX, em Onovolab, um painel contemplou outro tema muito atual: "A Revolução nas formas de consumo: O Futuro do Varejo". 

Houve uma troca de ideias entre Tom Ricetti, CEO da Onii; Carlos Schmiedel, CEO da Predify; Ricardo Cavaretti, CEO da XR Retail Studio; e Celso Providelo, Tribe Lead da Luizalabs. Flávio Fratucci, da Growww, mediou o encontro. 

Ricetti falou sobre o conceito de "figital", para descrever o comportamento de consumidores que compram aliando os ambientes físico e digital. "Hoje, o consumidor não precisa falar com ninguém para comprar. Você pode estar no banheiro e comprando passagem pelo celular." 

"O problema do varejo é a ponta. No digital isso é mais fluido, você consegue recomendar melhor e mais do que no físico. Estamos vivendo um momento de transição: daqui a poucos anos, comprar no digital, ou "figital", vai ser mais interessante do que no físico", projetou Cavaretti. 

Para Providelo, "a pandemia instigou os varejistas a procurarem outras formas de negócio". "O varejista precisa conhecer o perfil de consumo, os interesses, o potencial que o cliente tem pra gastar e oferecer direto para ele, por um push, por WhatsApp, seja como for", completou Schmiedel. 

O SCX
Se você perdeu o primeiro dia de São Carlos Experience, fique tranquilo(a). As atividades seguem até o próximo domingo, 29 de outubro. O festival foi previamente nomeado como "um evento feito de vários eventos". A programação completa e o formulário de inscrição para participar estão no site oficial. 

De acordo com a organização, será uma oportunidade de acesso ao "melhor que se produz no ecossistema de inovação, ciência, tecnologia e empreendedorismo de São Carlos". A programação completa está no site oficial. 

O evento também vai reunir arte, cultura e gastronomia como pilares complementares. As atividades do São Carlos Experience serão pautadas pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU).  

 

Confira algumas fotos do primeiro dia: 

SCX 2023 (Foto: @fotografabrunielle)
SCX 2023 (Foto: @fotografabrunielle)
SCX 2023 (Foto: @fotografabrunielle)
SCX 2023 (Foto: @fotografabrunielle)

 

LEIA MAIS 

O que mudou na nova Lei de Cotas?

Publicidade