Logo São Carlos Experience

25 a 29

Outubro

2023

Patrocinador:
Logo Prefeitura de São Carlos

Publicidade

São Carlos Experience

Empresas júnior servem de porta de entrada ao mercado de trabalho

Experiência corporativa dentro das universidades ajuda no desenvolvimento de futuros profissionais

| Especial para o tudo ep -

 

Experiência corporativa dentro das universidades ajuda no desenvolvimento de futuros profissionais (Foto: Divulgação / Materiais Jr)

 

Uma experiência corporativa ainda durante a graduação. Se tem quem busque os estágios, outros também trilham um caminho alternativo: o das empresas júnior, um modelo de negócio que funciona dentro dos campus universitários e agrega bastante ao início de uma vida profissional. 

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), por exemplo, tem mais de 20 empresas júnior, para turmas dos mais diversos cursos. Para essa reportagem, conversamos com Lucas Mangiaterra, presidente da Materiais Jr., empresa tocada por alunos da graduação em Engenharia de Materiais. 

A Materiais Jr. começou como um grupo de estudos, em 1999. Hoje, o profissionalismo é tanto que está dividida em várias diretorias: de Presidência e Vice-Presidência, Comercial, Administrativa-Financeira e Projetos. Cerca de 20 estudantes exercem funções. Cada um deles dedica, em média, 12 horas semanais ao trabalho, que serve como horas complementares e também como uma espécie de "injeção educacional". 

"Quando a empresa realiza projetos, os clientes pagam e a gente reinveste nos membros. Em eventos, ajudas de custo para viagens, custeamos algum curso. E, claro, um montante fica para os custos operacionais também", explica. 

Mangiaterra conta que a Materiais Jr. faz negócios com empresas de portes variados, desde startups até as maiores. Basicamente, é oferecida consultoria em Engenharia de Materiais a um custo abaixo do mercado, por ainda serem estudantes. Os professores, porém, estão sempre de olho e aprovam e assinam alguns projetos. 

"A gente tem, por exemplo, um trabalho de avaliação de ciclo de vida, com softwares que conseguem medir o impacto de produtos: o quanto gasta de água na produção, quanto emite de gás carbônico Também fazemos seleção de materiais, se a empresa estiver buscando algo menos agressivo ao meio ambiente, mais barato", cita. 

O presidente também comenta sobre um trabalho integrado que rende bons frutos. "E também buscamos fazer projetos em conjunto com outras empresas júnior da universidade: se precisamos de algo em prototipagem, vamos falar com o pessoal de Engenharia de Produção; se queremos desenvolver produtos, conversamos com o pessoal de Engenharia Mecânica. Se vamos fazer processo seletivo na empresa, buscamos o pessoal de Psicologia." 

Essa dedicação dos membros das empresas júnior, segundo Mangiaterra, pode garantir um futuro mais próspero. "Quem participa do movimento reconhece que já tem uma vantagem quando vai entrar no mercado de trabalho. E cria um networking muito legal. Tem gente que sai e vai trabalhar na Natura. Temos pessoas que saíram e estão na XP, Stone, startups. É legal porque, às vezes, o pessoal que está nessas empresas do mercado já passou por uma empresa júnior, e aí vem atrás de talentos ou até para buscar soluções em projetos." 

USP 

E São Carlos está bem servida de empresas júnior. A Universidade de São Paulo (USP), que também tem cursos na cidade, é outra opção desse mercado, com a EESC jr. 

A história, aliás, também é longa. São 30 anos, com mais de 250 projetos e consultoria em Engenharia e Arquitetura. Mais de R$ 2 milhões já foram faturados e convertidos em educação e aprimoramento para os integrantes da empresa júnior. 

No site da EESC jr., inclusive, alguns clientes fazem questão de elogiar o serviço prestado. "Foi uma experiência muito boa desenvolver o projeto de modernização da sede da empresa com a EESC jr. Fomos atendidos com muita atenção e profissionalismo durante todas as fases do projeto. Eles conseguiram captar o que realmente queríamos e desenvolveram um layout com a nossa cara e em completa sintonia com os valores da empresa. Tenho certeza que o nosso ambiente de trabalho será muito mais agradável e estimulante após a reforma!", escreveu Maerveson Teixeira, gerente da BBseg. 

Contatos 

Se você quer conhecer mais ou recorrer ao trabalho dessas empresas júnior, os contatos são os seguintes:
Materiais Jr. (UFSCar)
Telefone: 11 93234-4334
E-mail: contato@materiaisjr.com
Redes sociais: @materiaisjr
EESC jr. (USP)
Telefone: (16) 99773-0459
E-mail: eescjr@eesc.usp.br
Redes sociais: eescjr 

O SCX 

As empresas júnior estão alinhadas às propostas do São Carlos Experience, que acontece de 25 a 29 de outubro. O festival foi previamente nomeado como "um evento feito de vários eventos". A programação completa e o formulário de inscrição para participar estão no site oficial (https://saocarlosexperience.com) 

De acordo com a organização, será uma oportunidade de acesso ao "melhor que se produz no ecossistema de inovação, ciência, tecnologia e empreendedorismo de São Carlos". A programação completa está no site oficial. 

O evento também vai reunir arte, cultura e gastronomia como pilares complementares. As atividades do São Carlos Experience serão pautadas pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU).

Publicidade