Publicidade

tudo inovação

Tudo Inovação: Especialista aponta caminhos para inovar no dia a dia

Experiência, empatia e humanidade estão na lista de inovações não tecnológicas

| Especial para o tudo ep -

Analista de inovação Carolina Pazinato. (Foto: Reprodução/EPTV)


A 2ª temporada do programa "Tudo Inovação", da EPTV, está recheada de boas histórias e ideias. Uma das conversas inspiradoras foi com a analista de inovação Carolina Pazinato, que deu dicas de como a inovação pode ser aplicada na prática nos mais diferentes negócios. Uma parte dessa conversa veio parar aqui no portal com exclusividade para você.

No programa Carolina explicou que uma das definições mais simples de inovação é resolver um problema que seja importante para o cliente ou usuário. Ela pontuou ainda que a tecnologia é uma das ferramentas que se pode utilizar para resolver esse problema, mas existem outras muito relevantes que não são tecnológicas. Vamos descobri-las?
 
CONTEÚDO EXCLUSIVO 

Carolina ressaltou que uma forma de inovação muito interessante e não tecnológica é trazer o cliente para o centro: "É preciso dar importância à experiência que se entrega, seja a experiência dos usuários, dos clientes e até mesmo, dentro da empresa, a dos funcionários".  

 

 


 
LEIA TAMBÉM 
Quase 85% das pessoas de 10 anos ou mais acessam internet no Brasil
 
Imobiliárias digitais são nova tendência no mercado


A analista de inovação destaca que um estudo feito pela Kantar Customer Experience revela que atualmente 81% das pessoas consideram a experiência algo extremamente importante e relevante. "Se não tiver um foco em experiência, as pessoas nem vão considerar seu serviço ou seu produto. Então, vale a pena pensar em quanto se pode mexer para promover experiências, agradar mais o cliente e trazer mais ferramentas que deixem o cliente mais feliz e satisfeito ao longo da jornada dele. Vale lembrar que existe um leque enorme de inovações e ações que não envolvem desenvolvimento tecnológico. É bastante interessante explorar isso nas vertentes de negócios", diz.

Outro dado relevante da pesquisa da Kanter é que as empresas que investem em experiências têm um crescimento de 247% superior em relação às empresas que não investem. "Isso mostra que podemos inovar na área de experiências, usando o que já temos no dia a dia".

A especialista diz que muitas vezes se pensa que a inovação é algo extremamente específico, especializado e tecnológico. "Tem uma parte da inovação que é sim. Mas tem outra parte, que é extremamente humana. É preciso entender quem está do outro lado da mesa, quem está comprando de você e saber quais são as dificuldades", diz. Ela complementa: "É de fato olhar para o humano que está do outro lado. E isso tem muito valor, é algo que pode trazer muitos benefícios para sua empresa, para o seu pequeno negócio, até mesmo para as suas relações do dia a dia e no ambiente de trabalho. Sermos mais empáticos, mais humanos e trazer para as conversas quais são os problemas importantes que temos que solucionar", diz.

Gostou das dicas? Confira o programa que estreiou nesse sábado (17) na íntegra aqui!

Publicidade