Publicidade

tudo elas

Sentir ciúmes é normal? Entenda o sentimento e graus de classificação

Naiara Mariotto é psicóloga, psicoterapeuta, terapeuta cognitivo-comportamental, sexóloga, especializada em equilíbrio emocional e relacionamentos, e atua em Araraquara há 14 anos

| Especial para o tudo ep -

Naiara Mariotto é psicóloga, psicoterapeuta, terapeuta cognitivo-comportamental, sexóloga, especializada em equilíbrio emocional. (Foto: Arquivo pessoal)

Muitas vezes temos dificuldade de entender o ciúme, né? Ele é um sentimento que coloca nossa razão e a emoção em conflito. De um lado, estamos sentindo ciúme e sentindo a necessidade de mais atenção.

Mas do outro, nos sentimos culpados e nos condenamos por estar sentindo algo que pode causar tantos danos ao relacionamento, a nós mesmos e aos outros.

Mas, afinal... é normal sentir tudo isso? Sim, é completamente normal!

Apesar de ser desagradável, e trazer esse misto de sentimentos, sentir ciúmes é algo completamente natural nos seres humanos. O ciúme surge como um sinal de alerta, quando as coisas saem do nosso controle ou do que planejamos.

E é importante dizer que, nem sempre, essas situações são reais.  
 
 
LEIA TAMBÉM 
 
Você sabe identificar o início de uma depressão?
 
 
Conheça a história por traz do blazer e 5 truques de estilo com a peça



Frequentemente elas acontecem apenas no nosso imaginário, mas temos um instinto de querer eliminar tudo o que nos deixa inseguros e desprotegidos, e ele não difere muito bem o que é real do que é imaginação!

O problema surge no momento em que ultrapassamos o limite do "normal", e aquele ciúme natural que sentimos pelas pessoas e coisas que amamos, passa a ser uma patologia.

Quando esse sentimento se torna algo obsessivo, compulsivo e com reações exageradas é hora de buscar ajuda profissional. Podemos classificar os graus de ciúmes mais ou menos assim:

- Consideramos como normal o ciúme sadio, que faz parte do cuidado e da vontade de proteger as relações que são importantes para nós. Ele não é possessivo e não costuma causar grandes problemas ou desconfortos.

- Podemos chamar de ciúme exagerado aquele que já começou a sair do controle. É um sentimento mais intenso, que causa tristeza e desconforto a quem o sente, e geralmente é consequência da insegurança, baixa autoestima e até da ansiedade.

- O ciúme patológico é aquele obsessivo, exagerado, que muitas vezes é causado por situações e ideias fantasiosas. Nesse caso, a tristeza e a insatisfação são sentidas por todos os envolvidos na relação, criando uma verdadeira avalanche de desconfortos.
 



Por isso, esteja sempre atenta aos comportamentos que o ciúme desencadeia, seja em você ou no outro. Os sentimentos de ameaça constante, obsessão em controlar a vida, o comportamento e os sentimentos do outro, geralmente sem motivos aparentes, são sinais de que o ciúme já chegou em um nível difícil de ser controlado, e suporte psicológico é a melhor saída.

Nós sabemos que sentimentos tão intensos, quando fora de controle, podem causar problemas inimagináveis na vida de todas as pessoas envolvidas, e devem ser tratados e cuidados com a devida importância!    
 
Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Tudo EP.
 
LEIA MAIS 
  
Look monocromático: quatro ideias de composição para usar e abusar




Publicidade