Publicidade

tudo educação

O que é o Pisa? Brasil mantém estabilidade na edição de 2022

Programa realizado a cada três anos avalia os conhecimentos dos estudantes de 15 anos em leitura, matemática e ciência

| Da redação -

Programa realizado a cada três anos avalia os conhecimentos dos estudantes de 15 anos em leitura, matemática e ciência. (Foto: Reprodução/Agência Brasil)
O Brasil manteve-se estável nas pontuações em matemática, leitura e ciências no Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Estudantes) de 2022. No entanto, menos de 50% dos alunos conseguiram nível mínimo de aprendizado em matemática e ciências.

Aplicado a cada três anos, o programa avalia os conhecimentos dos estudantes de 15 anos, idade em que se pressupõe o término da escolaridade básica obrigatória na maioria dos países.

Os resultados do Pisa permitem que cada país avalie os conhecimentos e as habilidades de seus estudantes em comparação com os de outros países, aprenda com as políticas e práticas aplicadas em outros lugares e formule suas políticas e programas educacionais visando à melhora da qualidade e da equidade dos resultados de aprendizagem.

São avaliados os domínios em leitura, matemática e ciência em todas as edições. Mas, a cada edição, é avaliado um domínio principal, o que significa que os estudantes respondem a um maior número de itens no teste dessa área do conhecimento e que os questionários se concentram na coleta de informações relacionadas à aprendizagem nesse domínio.

A pesquisa também avalia domínios chamados inovadores, como Resolução de Problemas, Letramento Financeiro e Competência Global. 

 

 

LEIA TAMBÉM  

Unesp divulga lista de aprovados na 1ª fase do Vestibular 2024 

Segunda fase da Unicamp 2024 começa com abstenção de 7,8% 





PISA 2022

No Pisa de 2022, o Brasil alcançou 379 pontos em matemática, 410 em leitura e 403 em ciências, conforme resultados divulgados nesta terça-feira (5) pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). Já em 2018, ano anterior avaliado, o desempenho foi 384 pontos em matemática, 413 em leitura e 404 em ciências.

No total, 690 mil estudantes de 81 países fizeram os testes. No Brasil, 10.798 alunos de 599 escolas passaram pela avaliação. Na edição de 2022, o foco foi em matemática.

Com esses resultados, o Brasil continua no grupo abaixo da média dos países da OCDE nas três disciplinas: 472 pontos em matemática, 476 em leitura e 485 em ciências.

Cada 20 pontos equivalem a um ano escolar. Em ciências, por exemplo, o Brasil está com pelo menos quatro anos de atraso em relação aos membros da OCDE.

No ranking, ficou no 64º lugar entre as notas em matemática, 53º em leitura e 61º em ciências, atrás de outros latino-americanos, como o Chile, Uruguai, México e a Costa Rica.
 

*Com informações da Agência Brasil

 

 

LEIA MAIS 

Parar de fumar reduz o risco de desenvolver diabetes tipo 2

Publicidade