Publicidade

viu essa?

Sharon Stone descobre tumor após receber diagnóstico errado

A estrela de Instinto Selvagem informou que continuava sentindo fortes dores e desconfiou do diagnóstico recebido

| Da redação -

Sharon Stone descobriu que está com tumor (Foto: Reprodução/Instagram)
 

A atriz Sharon Stone, de 64 anos postou nesta terça-feira (1º), no Twitter que descobriu um tumor benigno no útero, depois de receber um diagnóstico errado. Nas redes sociais, ela afirmou que, por causa do erro, passou por uma cirurgia desnecessária.

"Acabei de ter outro diagnóstico errado e procedimento incorreto Desta vez, epidural dupla. Eu tenho um grande tumor fibroide que deve ser retirado", escreveu Stone em uma mensagem que compartilhou no Twitter e em seus stories do Instagram.

A estrela de Instinto Selvagem informou que continuava sentindo fortes dores e desconfiou do diagnóstico recebido. Então, foi atrás de uma segunda opinião médica, que revelou a existência real do tumor.  

 

VEJA TAMBÉM 
Johnny Depp entra com recurso contra Amber Heard 

Jornalista pede demissão da Globo após 26 anos; entenda 



A atriz também alerta outros mulheres: "Principalmente mulheres: Não se deixem enganar. RECEBAM UMA SEGUNDA OPINIÃO. Isso pode salvar a sua vida", disse, agradecendo em seguida a preocupação e desejos de melhoras recebidos pelos seguidores.

Stone é uma defensora da saúde das mulheres e falou abertamente sobre suas próprias lutas pela saúde. Em 2011, a atriz informou que teve um derrame. Ela também já revelou que sofreu nove abortos antes de adotar seus filhos.

O que é tumor fibroide?

É uma proliferação anormal do tecido fibroso e é considerado benigno. Ele pode aparecer em diversas partes do corpo como útero, mama e ovário. No útero, ele é conhecido por mioma ou leiomioma e pode variar de tamanho.

No útero, ele é conhecido por mioma ou leiomioma e pode variar de tamanho. Eles ocorrem com mais frequência em mulheres na faixa etária dos 40 anos, sendo o tumor mais comum que aparece no grupo.

De acordo com Marcus de Paula, ginecologista da Maternidade Brasília (DF), a transformação maligna de um mioma é bastante rara e se chama leiomiosarcoma. 

LEIA MAIS 
Poliedro oferece aulão gratuito para o Vestibular Unicamp

Publicidade