Publicidade

viu essa?

Pedro Cardoso acusa produtora de excluí-lo de seu próprio projeto

Ator usou sua rede social para externar sua revolta contra a HBO Max e WarnerMedia, além da diretora e produtora Monique Gardenberg

| Da redação -

Pedro Cardoso usou sua rede social para acusar produtora de exclui-lo do seu próprio projeto (Foto: Divulgação)
Pedro Cardoso usou sua rede social para acusar produtora de exclui-lo do seu próprio projeto (Foto: Divulgação)
  
 

O ator e redator Pedro Cardoso usou sua conta no Instagram para postar um vídeo em que externa sua revolta contra a HBO Max e WarnerMedia, além da diretora e produtora Monique Gardenberg. O motivo, segundo o ator, foi o fato de um projeto seu, a série Área de Serviço, uma criação sua e de sua mulher, a atriz Graziella Moretto, ter sido "assassinado" pelos citados.

Pedro começa o vídeo pedindo desculpas pois vai abordar um assunto um pouco aborrecido mas que precisa fazer.   

"Estou usando essa rede antissocial como cartório público, quero registrar a minha posição sobre tudo passou na série Área de Serviço. Eu estou aqui para enterrar uma criação minha e de Graziela que foi assassinado ainda recém-nascida pela Dueto Produções e pela WarnerMedia", afirma.  

 

VEJA TAMBÉM 
Entenda motivo para a Fifa antecipar em um dia a Copa do Mundo 

Chegou ao fim namoro de Neymar e Bruna Biancardi; entenda 



Entre vários argumentos, Cardoso é categórico em dizer que as únicas pessoas que "têm legitimidade" para contradizê-lo são as que participaram do acordo que foi traído. Esses seriam Monique Gardenberg e Jeffrey Neale, pela Dueto Produções, e os representantes da WarnerMedia.   

"Elas podem dizer que eu sou um farsante, se o disserem eu então me verei na circunstância de exibir as provas - email, gravações, minutas de contrato", diz.

Como o fato foi levado a público, a HBO Max emitiu nota para a imprensa rebatendo as acusações. A seguir o texto integral.   

"A HBO Max informa que todas as produções e parcerias com as produtoras brasileiras são realizadas em comum acordo com todas as partes envolvidas, respeitando e cumprindo as exigências legais. Valorizamos e cultivamos relações de confiança com nossos talentos, criadores e colaboradores, e o cumprimento dos requisitos legais entre todas as partes envolvidas em nossas produções. Cabe ressaltar que a companhia não comenta sobre assuntos internos de seus colaboradores e talentos, assim como estratégias de lançamento", disse a nota.

A Dueto Produções também se pronunciou por meio de uma nota.   

"Foi o carinho que tínhamos por Pedro e Graziella que nos fez abraçar a série. Em 40 anos de história, a Dueto construiu uma trajetória de sucesso, credibilidade e respeito e jamais se envolveu em qualquer litígio. Pelo nível de agressão e desrespeito conosco e membros da equipe, não nos manifestaremos publicamente. Nossa manifestação se dará na instância judicial, onde Pedro terá oportunidade de expor suas alegações", afirmou em nota a Dueto Produções. 

LEIA MAIS 
Entenda qual é o espaçamento certo para a sua lavoura

Publicidade