Publicidade

on run

Justino Pedro e Daniel do Nascimento vencem a Maratona e a Meia no Rio

Justino conquistou o bicampeonato na 20ª edição da prova, enquanto Danielzinho fez o segundo melhor da história no Brasil e o quarto da América do Sul nos 21km

| ACidadeON Campinas -

Danielzinho cruza a linha de chegada na Meia do Rio
Justino Pedro da Silva e Daniel Ferreira do Nascimento, o Danielzinho, foram os nomes do final de semana na Cidade Maravilhosa. Eles venceram a Maratona e a Meia Maratona do Rio, respectivamente. Os 42km foram disputados no domingo (19), com largada e chegada no Aterro do Flamengo, altura da Marina da Glória. A disputa dos 21km ocorreu um dia antes, no sábado (18), com largada na Praia do Leblon, passando pelas orlas de Ipanema, Copacabana, Botafogo, até a chegada no Aterro do Flamengo.

O pernambucano Justino Pedro da Silva, natural da cidade de Dormentes, liderou a prova e puxou o ritmo, completando a distância em 2h16min02, para conquistar o bicampeonato. Ele, e o baiano de Juazeiro Edson Amaro dos Santos, ambos atletas da ASA Petrolina (PE), fizeram a dobradinha pelo segundo ano consecutivo na 20ª Maratona do Rio. Edson fez 2h16min02.

A prova largou com 20 graus e 93% de unidade do ar. No feminino, a etíope Kebebush Yisma Zewode bateu o recorde da prova, com 2h34min33. Ela foi seguida pela compatriota Yadeni Alemaehu Wetej, com 2h37min56. A prova teve o Selo Ouro e o Permit 02/2022 da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).

DANIELZINHO
No sábado, Daniel Ferreira do Nascimento (Associação Noroeste Runners-RS) venceu a Meia Maratona do Rio, com o tempo de 1h01min03 o segundo melhor da história no Brasil e o quarto da América do Sul. Os recordes brasileiro e sul-americano prosseguem com Marilson Gomes dos Santos, que tem a marca de 59min33, obtida em 2007, na cidade de Údine, Itália. Entre as mulheres, Amanda de Oliveira, de 25 anos, subiu ao topo do pódio com o tempo de 1h18min30. 

"Estou muito feliz de estar no Rio, ver essa energia toda da galera me recebendo com muito carinho", afirma o atleta que este ano fez o melhor tempo da história de um atleta não nascido em países africanos, 2h04min51, na Maratona de Seul, em abril. O atleta ainda deixou um recado para os iniciantes: "Nunca desistam do sonho de vocês, nunca esqueçam de suas origens e também arrisquem, sem medo de viver. É necessário enfrentar os medos para vencer na vida."  

Nascido a 28 de julho de 1998, na cidade de Paraguaçu Paulista, Daniel Nascimento mora e treina em Kaptagat, cidade a 2.800 m de altitude, no Quênia. "Eu queria fazer provas mais rápidas com altitude mais baixa como um teste para a maratona no Mundial. Eu já vinha superando a minha melhor marca na meia maratona, mas dentro da maratona. Na última vez passei 1h02. Por isso, também queria correr uma meia maratona sozinha e baixar a minha melhor marca de 1h04min27 e consegui", disse Daniel.

Depois da Meia Maratona do Rio, Daniel volta suas atenções para a pista. Ele vai ser uma das atrações do XLI Troféu Brasil Loterias Caixa Interclubes de Atletismo, que será disputado de 22 a 25 de junho, no Estádio Olímpico Nilton Santos, no Rio de Janeiro, e é considerado a principal competição interclubes da América Latina. A final dos 10.000 m está programada para às 17h50 de sexta-feira, dia 24 de junho. Danielzinho é convidado da Confederação Brasileira de Atletismo (valem os resultados, mas sem pontuação na disputa entre clubes). "Estou animado por correr em casa nessa etapa e quero mostrar o meu trabalho", lembrou Daniel. "Quero muito dar o primeiro ouro num Troféu Brasil para o meu clube."  

Daniel do Nascimento fez o segundo melhor tempo do Brasil para os 21km
AMANDA
Amanda de Oliveira, da seleção brasileira de Cross Country, estava radiante com o resultado da prova deste sábado. "É um orgulho enorme correr a Meia Maratona do Rio, onde iniciei minhas provas de 21km. Estou muito feliz em sair campeã dessa prova que foi bastante dura para mim por conta do clima e do vento, mas o importante é que a vitória saiu", ressalta a atleta mineira.

Após a última edição em formato híbrido, a Maratona do Rio volta ao seu formato original, totalmente presencial. No total, a Maratona do Rio teve cerca de 35 mil inscritos - somando os participantes das quatro provas.
  
Pódios da Maratona do Rio 
Masculino 
1-Justino Pedro da Silva 2h16min02

2-Edson Amaro dos Santos 2h16min14
3-Tilahum Nigussie (ETI) 2h16min27
4-Eliezer de Jesus Santos - 2h22min46
5-Fabricio Gomes Santos 2h23min53
Feminino
1-Kebebush Yisma Zewode (ETI) 2h34min33 (RC)
2-Yadeni Alemaehu Wetej (ETI) 2h37min56
3-Rejane Ester Bispo 2h47min16
4-Mirela Saturnino de Andrade 2h59min12
5-Viviane Amorim Figueiredo 3h06min08

Pódios da Meia Maratona
Masculino
1-Daniel Ferreira do Nascimento 1h01min03
2-Micah Kipkosgei Chemweno (KEN) 1h04min51
3-Robson Pereira de Lima 1h08min14
4-Leonardo Santana de Olinda 1h09min20
5-Tiago Dantas Silva 1h09min36
Feminino
1-Amanda Aparecida de Oliveira 1h18min29
2-Larissa Marcelle Quintão 1h19min55
3-Jaciane Barroso de Jesus 1h22min25
4-Taiane Neto Lima 1h27min11
5-Roberta Gomes Ribeiro 1h32  

PAULO ROBERTO 
Convocado para a maratona do Campeonato Mundial do Oregon, nos Estados Unidos, que será disputado de 15 a 24 de julho, Paulo Roberto de Almeida Paula ficou em terceiro lugar na Corrida de São João, disputada neste domingo, em Portugal, onde faz um camping acompanhado do irmão gêmeo e treinador Luiz Fernando Paula. "Foi uma prova que serviu de preparação para o Mundial. Ele fez ritmo de 3:05 a 3:08, o mesmo que fará na maratona. Ele precisa de volume para chegar bem ao Mundial", comentou Luiz Fernando.


Publicidade