Publicidade

Gravidez e bebê

Amamentação: folha de repolho ajuda a aliviar dor quando peito está muito cheio

Amamentação: você sabia que folha de repolho congelada ajuda a alivar dor da descida do leite ou peito cheio? Veja dica da atriz Maria Flor.

| ACidade ON -

A atriz Maria Flor, que é mãe de Vicente, 1 mês, compartilhou a dica - e disse que funciona mesmo! 


 A amamentação é um dos grandes desafios da maternidade. No pós-parto, quando o processo ainda está se estabelecendo, leite descendo, bebê aprendendo, mãe se adaptando Não é nada fácil. Desconfie de fotos e vídeos que mostram o ato como algo puramente simples, instintivo, natural. A realidade é que não é bem assim, não. A atriz Maria Flor comprovou isso, com a chegada do pequeno Vicente, agora com 1 mês de vida. 

 Ela usou seu perfil nas redes sociais para compartilhar uma foto que, a princípio, pode parecer até meio esquisita, mas é uma dica importante para as mães que amamentam. E tudo o que você precisa, além de muito amor e força de vontade, é uma folha de repolho. Sim, aquele vegetal que, provavelmente, você tem aí na geladeira ou pode encontrar facilmente na feira ou no supermercado. 

 "Peito que enche, peito que esvazia, noites sem dormir. Mama, arrota, dorme, mama de novo, arrota, não dorme. É uma loucura imensa, uma felicidade e uma alegria. Cansa, mas recomendo.

Boa semana para vocês! Ps: @heloisalessapartoecologico me indicou colocar repolho no peito para sugar o leite! É incrível", escreveu ela. 

 Heloísa Lessa, que é parteira e doutora em enfermagem obstétrica, no Rio de Janeiro (RJ), explica: "A folha do repolho previamente congelada pode ser usada, em especial, quando o peito está muito cheio e seu bebê já mamou muito. O repolho congelado ajuda a diminuir o inchaço ou o que se chama de engorduramento mamário. O segredo do repolho é que ele é rico em enxofre que é um potente anti-inflamatório". 

Outra dica da especialista, ainda mais importante que o repolho, é pedir ajuda. "Principalmente nos dias da apojadura, ou seja, na descida do leite. Peça ajuda e dicas aos profissionais e às outras mulheres", orienta. Lembre-se: você não está sozinha!

  

Quer saber mais? Assine nossa newsletter e receba toda semana mais matérias sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e gratuito!

Publicidade