Publicidade

Gravidez e bebê

10 semanas de gravidez: o desenvolvimento do bebê

Seu filho já tem dentes, acredita? Do tamanho de uma azeitona, o feto começa a desenvolver os órgão sexuais externos. Veja mais!

| ACidade ON -

Uma azeitona chilena. É aproximadamente este o tamanho que seu bebê tem agora, com 10 semanas de gestação. São 30 mm, da cabeça ao bumbum. E a evolução segue a todo o vapor...


Esta semana também tem um marco importante: seu filho foi promovido de embrião para feto, como ele é tecnicamente chamado na medicina, de agora em diante, até o final da gestação.


Na 10ª semana, as orelhas estão implantadas numa parte mais baixa da cabeça, mas pouco a pouco vão se posicionar no lugar certo. A mandíbula começa a tomar forma e, por incrível que pareça, os minúsculos dentes de leite também começam a se formar na estrutura. Pálpebras cobrem os olhos, que ainda se encontram nas duas laterais da cabeça.


O coração do bebê bate, em média, 180 vezes por minuto, uma velocidade três vezes maior que a do seu.


Aguente firme! O segundo trimestre vem aí...

Você só tem mais duas semanas antes de concluir o primeiro trimestre da gravidez, a fase considerada mais difícil e desafiadora por muitas mulheres. Falta pouco para ele sair da etapa mais crítica do desenvolvimento e com maior risco de aborto. Depois disso, você poderá contar a todos que está grávida (se ainda não fez isso).


No segundo trimestre, os sintomas mais difíceis, como o cansaço e o sono extremos, os enjoos, as náuseas e as dores nos seios costumam dar uma bela trégua e boa parte das mães descreve o período como o de maior brilho e energia. Você está chegando lá!


10 semanas de gravidez e mudanças perceptíveis no seu corpo
 

Neste momento, pode ser que você esteja começando a sentir dificuldades para caber nas suas antigas roupas. Alguns truques podem ajudar: há extensores para calças, por exemplo, à venda no mercado. Assim, você não precisa gastar com calças novas, que só vai usar por alguns meses. Se for fazer compras, não esqueça de olhar este guia.


Também é comum se sentir inchada, com azia e gases. Culpa dos hormônios! Eles são responsáveis por afrouxar um pouco os músculos dos órgãos abdominais para permitir o crescimento do bebê. Afetam, assim, o sistema digestivo. Tente comer mais vezes, em quantidades menores, e evite fazer a última refeição muito tarde, perto da hora de dormir. Beba bastante água e evite alimentos gordurosos para aliviar os sintomas.


Quer saber mais? Assine nossa newsletter e receba toda semana mais matérias sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e gratuito.

Publicidade