Publicidade

tudo auto

Gasolina continua subindo e fecha o mês de março em alta

O etanol também apresentou alta e fecha o mês 1,06% mais caro no comparativo com fevereiro, aponta Ticket Log

| Auto ON -

  

Gasolina não pára de aumentar em todo o território nacional (Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil)
O mês de março, o preço médio do litro da gasolina no País fechou o mês a R$ 7,323, valor 6,89% mais caro se comparado ao fechamento de fevereiro. O etanol, que vinha apresentando redução desde dezembro, também registrou alta em relação ao mês anterior, de (1,06%), e fechou o mês a R$ 5,687.

"Após a alta de 19% no preço da gasolina anunciada no último dia 10 de março, o valor do combustível disparou nas bombas de abastecimento e fechou a primeira quinzena do mês a R$ 7,499. Agora, o preço recuou 2,3%, em relação ao fechamento do início do mês, mas ainda apresenta média elevada para o bolso dos motoristas, se comparada a meses anteriores", destaca Douglas Pina, diretor-geral da divisão de Frota e Mobilidade da Edenred Brasil.

Na análise regional do IPTL - Índice de Preços Ticket Log, todas registraram alta no preço da gasolina. Bem como no início do mês, o Nordeste novamente se destaca no ranking da gasolina mais cara entre as regiões, com valor de R$ 6,887 de fevereiro passando para R$ 7,461 em março, e com o maior acréscimo no preço em comparação às demais regiões também, de 8,33%.

O Sul comercializou o combustível pelo menor preço médio, a R$ 6,930, porém com alta de 5,96%.

O preço do etanol segue a mesma tendência e ficou mais caro em todas as regiões brasileiras, com exceção do Sul que apresentou baixa de 0,12% no litro. O maior preço médio para esse combustível foi comercializado no Norte, a R$ 6,057, alta de 0,55% em relação a fevereiro. A menor média foi encontrada nos postos do Centro-Oeste, a R$ 5,271, com recuo de 0,51% no preço.

Nos destaques por Estado, nenhum apresentou redução no valor da gasolina e o maior aumento no preço do litro foi registrado nos postos de abastecimento do Ceará, com o valor chegando a R$ 7,570, alta de 11,08%.

A maior média entre todos os Estados também foi registrada no Nordeste, com o Piauí vendendo o combustível pela média de R$ 7,832, alta de 9,77% em relação a fevereiro. Já a menor média para a gasolina foi comercializada a R$ 6,737 em São Paulo, porém com alta de 5,12% no preço.

O maior acréscimo no preço do etanol foi registrado nas bombas de abastecimento do Piauí, com valor de R$ 5,466 passando para R$ 5,746, alta de 5,12%. O Pará vendeu o combustível pelo preço médio mais caro do país, a R$ 6,597, e a menor média foi encontrada em São Paulo, a R$ 4,693. Houve redução no valor desse combustível e a maior delas foi registrada no Rio Grande do Sul (1,69%) onde o valor passou R$ 6,341 para R$ 6,234,


Publicidade