Publicidade

tudo auto

Museu expõe uma Kawasaki Serie W, raridade dos anos 70

Raridade no país, o modelo Serie W de 1971 da Kawasaki está em exposição no Centro Cultural Movimento, em Socorro (SP)

| tudo auto -

 

Museu da Motocicleta e da Bicicleta, em Socorro-SP
No próximo dia 21 de agosto (domingo), acontece em Socorro SP, o Rota K Fest, evento que vai reunir os proprietários de motocicletas Kawasaki. Os proprietários da marca japonesa vão participar de um moto-passeio até CCM - Centro Cultural Movimento, onde fica o mais importante museu de motocicletas e bicicletas do Brasil.  

No museu os aficionados por motos clássicas e retrô vão conhecer toda a história das motos e bicicletas. Localizado em Socorro-SP, o local abriga em sua exposição uma relíquia da fabricante japonesa datada de 1971: a Kawasaki Serie W.   

O modelo marcou época por se inspirar claramente nas motocicletas britânicas. Equipada com dois cilindros em linha, o propulsor carburado de 624 cm³ de quatro tempos foi construído no estilo pós-guerra com design muito semelhante ao da inglesa BSA A10.   
 

Kawasaki Serie W 1971 (Divulgação)
Fabricada exclusivamente no Japão, entre 1965 e 1974, e exportada para o mundo, principalmente para a Europa e Estados Unidos poucos modelos vieram para o Brasil.

Entre suas características, uma chama atenção em especial. Nas primeiras versões, o pedal de câmbio foi posicionado ao lado direto da moto, enquanto o pedal do freio traseiro era acionado com o pé esquerdo.   

Já nas versões a partir de 1968 como pode ser visto no modelo em exposição , os pedais foram invertidos: câmbio na esquerda e freio na direita, formato tradicional utilizado na maioria das motos até hoje.   
 
Leia mais 
Eric Granado busca na Áustria mais uma vitória na Moto E 
Honda CG comemora 46 anos com uma nova e moderna geração 

Além de multa e apreensão, motos barulhentas podem causar surdez

As rodas são raiadas, freios a tambor e câmbio de quatro marchas. Entre outras particularidades da ficha técnica, o modelo pesa 181 kg (peso seco), vem equipado com suspensão telescópica na dianteira e braço oscilante na traseira e pode alcançar a velocidade máxima de 180 quilômetros por hora.


Publicidade