Publicidade

No Pé do Café

No Pé do Café: Saiba como a insolação pode prejudicar seu cafezal

Engenheiro agrônomo fala sobre os perigos da radiação solar para os cafezais

| Da redação -

Quando altas temperaturas assolam os cafezais, as plantas acabam ficando sujeitas a insolação (Foto: Reorodução/Youtube)
 

Intempéries climáticas podem levar a perda de até dois terços do potencial produtivo de uma plantação e, se tem algo que deve acender um alerta no período pós chuva, é a radiação solar. Segundo o engenheiro agrônomo Gustavo Rennó, quando altas temperaturas assolam os cafezais, as plantas acabam ficando sujeitas a insolação, problema que consiste na queima das folhas. 

A escaldadura das folhas e até mesmo dos frutos do café acontece quando a planta absorve uma grande quantidade de radiação solar e não é capaz de dissipá-la, o que leva a um dano oxidativo. Felizmente, o mercado já oferece tecnologias capazes de combater a insolação. Este é o caso do Keep Green, o primeiro biofertilizante lançado exclusivamente para a cafeicultura. 

Assista o vídeo abaixo para saber mais sobre a insolação e como evitá-la: 

  

VEJA TAMBÉM 

No Pé do Café: Conheça a história de um importante grupo do agro brasileiro 

No Pé do Café: Como cuidar da sua lavoura em períodos chuvosos  

 

COMO O BIOFERTILIZANTE ATUA

Época de maior insolação sobre a cafeicultura, o verão é a estação mais indicada para a aplicação do Keep Green, que pode ser feita uma vez ao ano. O biofertilizante combate o excesso de luminosidade estimulando a produção da clorofila e carotenóides, dois pigmentos que são responsáveis por proteger as plantas e aumentar seu potencial produtivo.   


LEIA MAIS  

Conab prevê 54,94 milhões de sacas na safra de café de 2023


*Sob supervisão de Marcos Andrade

Publicidade