Publicidade

Educa mais cast

Há quase 60 anos, Programa Recreação insere mais lazer em São Carlos

Atividades recreativas, esportivas e socioculturais beneficiam aproximadamente 250 crianças em cinco unidades escolares municipais

| Especial para o tudo ep -

O Programa Recreação fruto da política pública da Prefeitura Municipal de São Carlos, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME) é o mais antigo projeto de lazer para estudantes do Ensino Fundamental da rede pública no município. A iniciativa desenvolve diversas atividades recreativas, culturais e artísticas no contraturno escolar, de maneira a garantir brincadeiras, dança, música, teatro, pintura, leitura e opções esportivas. Campeãs olímpicas, como a velocista Maurren Maggi e a ex-jogadora da seleção feminina de futebol, Mônica de Paula, hoje atletas brasileiras de elite, participaram do Programa Recreação. 

Crédito: Freepik
 

Além da proposta lúdica, o Programa tem um forte apelo social com o incentivo do desenvolvimento integral do indivíduo, e com a transformação do tempo ocioso fora da escola em uma rotina produtiva, conforme ressalta o supervisor de ensino da SME, Osmair Benedito da Silva.  

"O Programa Recreação é uma política pública de atividades diversificadas já bem consolidado em São Carlos. As crianças desenvolvem a criatividade, aprendem um esporte, descobrem talentos. Ou seja, recebem estímulos que não teriam se passassem o tempo livre na rua. Não à toa, nomes importantes do esporte já participaram do programa", lembra. 

Daqui pra frente 

Até antes da pandemia, a iniciativa tinha ações cinco dias por semana, dentro das unidades escolares. Agora, desde o início de 2022, a frequência caiu para dois dias semanais, visto que as escolas também estão promovendo atividades focadas na recomposição da aprendizagem no contraturno, a fim de sanar a defasagem do ensino causada pelo tempo que os alunos tiveram aulas remotas. 

De acordo com a Secretária Municipal de Educação, Wanda Roffmann, passado o período de recomposição, o objetivo é que o Programa Recreação retome seu funcionamento normal.  

"Nesse primeiro momento, nossa esperança é conseguir focar o quanto antes nas possíveis recomposições de aprendizagem e estimular cada vez mais o desenvolvimento educacional das crianças, principalmente na alfabetização", explica.

Publicidade