Publicidade

Educa mais cast

CeFPE oferece webinar sobre prevenção ao abuso e à exploração sexual infantil

Seminário online aberto e gratuito visa preparar educadores para identificar sinais de que uma criança pode estar passando por uma situação de violência

| ACidade ON -

Crédito: Freepik.
 

No dia 30 de maio, às 18h30, o Centro de Formação dos Profissionais da Educação (CeFPE) de São Carlos promove uma capacitação gratuita em formato de webinar (seminário online) sobre prevenção ao abuso e à exploração sexual infantil. A live, que será exibida no canal do YouTube do CeFPE, será ministrada pela professora do Departamento de Psicologia da Ufscar e pesquisadora do Laboratório de Análise e Prevenção de Violência (Laprev), Sabrina Mazo DAffonseca. 

A formação para profissionais da rede de ensino é uma das ações que integram a campanha "Não Pode! Contra o abuso e a exploração sexual infantojuvenil", realizada em razão da conscientização promovida em 18 de maio, Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Lançada no último dia 11, a iniciativa foi idealizada pela Secretaria de Cidadania e Assistência Social da cidade, em parceria com a Secretaria de Educação. 

Crédito: Banco de Imagens.

De acordo com a Secretária da Cidadania e Assistência Social, Vanessa Soriano, o objetivo da ação é preparar os educadores para que eles consigam identificar sinais de que uma criança pode estar passando por uma situação de abuso físico ou emocional, e, tão importante quanto, saibam como proceder, que órgão procurar e como a rede de proteção à criança atua. 

"O professor é um observador privilegiado do comportamento da criança. Se ela mostra sinais de que algo está errado, como estar sendo agressiva, ficando muito quieta ou fazendo brincadeiras sexualizadas incompatíveis com a idade, o educador precisa identificar e tomar providências", pontua Vanessa. Devido à relevância do tema, a formação será oferecida em regime de Horário de Trabalho Pedagógico Coletivo (HTPC). 

A secretária aponta que, em 70% dos casos, o abuso sexual acontece na casa de parentes da vítima ou dentro da própria casa daí a importância da capacitação do professor, que convive com a criança diariamente e conhece o seu comportamento. "Em São Carlos, a Secretaria está acompanhando 58 casos, dos quais 20 aconteceram de janeiro para cá. A campanha Não Pode! vem como uma ação de prevenção para evitar e até coibir novas ocorrências", ressalta.

Centro de Formação dos Profissionais da Educação (CeFPE) 

- Instagram: www.instagram.com/cefpeformacao 

- Facebook: www.facebook.com/cefpe.formacao.5 

- YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCzHWSYa-Zwxrh15GbGY1fNQ

Publicidade